Ronaldo Caiado lança programa Goiás Mais Transparente

O governador Ronaldo Caiado lançou, na tarde desta terça-feira (7), o Goiás Mais Transparente. O objetivo é demonstrar como a gestão estadual gerencia e aplica os recursos, disponibilizando os dados, segundo o governo, de forma clara e simples. O projeto, que determina a aplicação das melhores práticas na entrega de informações para a sociedade, abrange secretarias e órgãos estaduais, além das organizações sociais que tenham contrato com o Estado, e vai premiar os destaques. Será uma espécie de competição onde, no fim das contas, todos ganham. “Estamos promovendo uma olimpíada da transparência: vai ter medalha de ouro, prata e bronze. É meu compromisso, vou entregar um governo 100% transparente”, enfatizou Caiado.

O governador defendeu a transparência na utilização dos recursos públicos no Estado. “Se tivéssemos transparência nos gastos públicos, Goiás não teria chegado à situação que chegou. Vamos mudamos essa metodologia”, assegurou. E projetou, com união e ações que permitem maior controle social, a reconstrução do Estado. “Quanto maior a transparência da estrutura da gestão estadual, mais fácil será impedir o uso indevido e criminoso do dinheiro público. Esse é o momento que acredito que Goiás vai dar a volta por cima. Não é governo, é toda a população engajada nesse sentimento.”

Goiás Mais Transparente

O controlador-geral do Estado, Henrique Ziller, explicou como funcionará o Prêmio Goiás Mais Transparente, que conta com oito etapas. A ideia central é, ao longo do ano, “estimular o aperfeiçoamento da transparência dentro do governo estadual”. Participarão da olimpíada 35 entidades da administração direta, autarquias e fundações públicas, 21 membros da sociedade de economia mista e 29 contratos de gestão com organizações sociais (OSs).

Para além de fornecer dados, Ziller disse que o Governo de Goiás pretende melhorar a forma como essas informações chegam às pessoas, despertando o interesse delas. Assim, as entidades participantes do prêmio terão de aperfeiçoar a transparência ativa e passiva. “Ativa é aquela informação que o órgão já disponibiliza em seu site. E passivas são informações fornecidas a partir de quando cidadão faz o pedido.”

Todos os detalhes sobre a execução das inovações em transparência serão repassados aos servidores por meio de um curso de capacitação. Ao longo do ano, a Controladoria-Geral do Estado vai acompanhar de perto o andamento de cada órgão ou secretaria, oferecendo recomendações para possíveis adequações. A iniciativa faz de Goiás um dos primeiros estados do País a avaliar dados referentes à transparência.

A premiação será realizada em dezembro. Ganhará o selo “Excelência em Transparência” de ouro aquele que atender a 100% dos requisitos; prata, entre 95 e 99,9%; e bronze, de 90% a 94,99%. “Espero, no fim do ano, poder dar medalha de ouro a todos”, concluiu Caiado.

Fonte : Sagres 730

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *