Rádios AM de Goiás e Tocantins migram para FM

Treze emissoras de Goiás e duas do Tocantins assinaram os termos aditivos de adaptação das outorgas para a migração do AM para o FM na quarta-feira, dia 31, em Goiânia (GO). O mutirão de assinaturas do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) visa catalisar o processo de migração em todo o Brasil.

O governador de Goiás, Marconi Perillo, ressaltou o valor do processo para o setor de radiodifusão.

“Sintetizo essa cerimônia em uma palavra: modernização. Modernizar para melhor informar. Esse é o sentido da migração”, disse Perillo.

Cinquenta e uma rádios goianas manifestaram interesse em mudar de faixa. Segundo Perillo, o setor de radiodifusão gera mais de 750 mil empregos diretos e indiretos no estado.

Quase 1500 rádios AM, das 1781 existentes em todo território nacional, pediram para migrar do AM para o FM. Nesta primeira etapa, cerca de mil emissoras poderão operar na faixa atual de FM, de 88 a 108 MHz. As demais terão que esperar a conclusão da digitalização da TV para liberação da faixa estendida, de 76 até 108 MHz.

O mutirão em Goiânia foi o quarto realizado no País. O evento já passou pelo Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Santa Catarina. Em outras duas solenidades realizadas em Brasília, rádios de todo o Brasil assinaram o termo de migração. A próxima cidade a reunir emissoras para a assinatura será Curitiba (PR), na segunda-feira, dia 05 de junho.

Ao longo do mutirão em Goiânia, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, assinou portaria autorizando o desligamento do sinal analógico na cidade e em outros 28 municípios goianos.

Veja a seguir a relação de emissoras de Goiás e Tocantins que estão autorizadas a fazer a migração de AM para FM:

– Rádio Eldorado de Mineiros Ltda – Mineiros (GO)

– Rádio Goiatuba Ltda – Goiatuba (GO)

– Fundação Padre Pelágio (Xavantes) – Ipameri (GO)

– Rádio Tropical Ltda – Porangatu (GO)

– Rádio Imprensa de Anápolis – Anápolis (GO)

– Fundação Nossa Senhora Aparecida – Anápolis (GO)

– Fundação Dom Juvenal Roriz – Caiapônia (GO)

– Fundação Frei João Batista Vogel – Catalão (GO)

– Rádio Sociedade de Ceres Ltda – Ceres (GO)

– Empresa Formosense de Radiodifusão Ltda – Formosa (GO)

– Rádio Princesa do Sul Ltda – Goiatuba (GO)

– Rádio Jornal de Inhumas Ltda – Inhumas (GO)

– Rádio Alvorada de Rialma Ltda – Rialma (GO)

–  Rádio Manchester de Anápolis – Anápolis (GO)

–  Sociedade de Radiodifusão Guaraí Ltda – Guaraí (TO)

–  Fundação João Paulo II – Palmas (TO)

Ao todo, 51 rádios do estado de Goiás manifestaram interesse ao MCTIC em mudar de faixa.

Três emissoras de Goiás já migraram para o FM:

91.1 FM – Silvestre FM – Itaberaí

92.1 FM – Rio FM – Pires do Rio

96.7 FM – Rio Vermelho  Silvânia

Fonte: Rádio 730

Total de acessos: 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *